domingo, 25 de janeiro de 2009

Mais uma dos sem noção

Segunda-feira passada, dia de chuva em Porto Alegre, e eu no aeroporto, esperando pra embarcar. Todos os voos atrasados. O meu, já com atraso de uma hora (acabaram sendo três).
A sala de embarque atrolhada, todo mundo meio nervoso, cansado, com calor (o ar condicionado não dava conta). Até aí, tudo normal.
Eu já estava sentada no chão há algum tempo, ouvindo meu iPod, tentando fazer o tempo passar. Eis que vejo um casal se levantando das suas poltronas, que ficam vagas. Me ponho de pé num salto e vou em direção ao conforto prometido. Quando chego perto, pronta pra descansar minha mimosa retaguarda numa superfície fofinha, uma meiga senhorita acomoda a sua bagagem de mão sobre o assento da MINHA poltroninha.
Peço, gentilmente:
"-Oi, com licença, por favor, podes tirar a tua bagagem pra eu sentar?"
Ao que a meiga responde:
"-Ah, desculpa, mas a minha bolsa é clarinha, no chão vai sujar, não vou tirar, não."
Revolta, teu nome é Cibele. Tudo bem que a bolsa da criatura era de camurça cor de creme, mas, se ela leva isso como bagagem de mão num dia de chuva, azar o dela! Deu vontade de tirar a bolsa eu mesma e me sentar, ignorando a falta de noção da meiga. Mas pensei no tempo em que ainda ia ter que ficar naquela sala lotada e abafada, e na conveniência de passar esse tempo do lado de tal cavalgadura - ainda que meiga. Desisti. Voltei pro meu chãozinho.
O rapaz que dividia o piso da sala de embarque comigo olhou-me, indignado, e perguntou:
"-E tu vais deixar por isso mesmo?"
Sorri e dei de ombros. Sentei no piso, que nem índio, e liguei o iPod de novo. ACDC a toooooodo volume, pra me acalmar.
Gente sem noção, só matando.

3 comentários:

Pandora disse...

Cibele, eu teria surtado.... no mínimo teria educadamente jogado a bolsa em cima da fulana... onde já se viu isso??? (eu sou fina)!

é possível te seguir?? não achei o link... gostei muito do seu blog! volte sempre!

bjo

Raq Paulino disse...

Aiaiai... Bom, daria para sentar e colocar a bolsa bézzzi da bonita no colo. Mas isso em um dia de muita, MUITA paciência natural e espontânea - o que não parecia ser o caso, né, no meio do caos do aeroporto...

De modo que eu faria o mesmo que você. Melhor continuar "fabricando paciência" com o iPod do que ainda aguentar mimimi da sem noção - porque teria muuuito mimimi se você chegasse perto da preciosidade de camurça dela, claro.

Mas que foi um desaforo master, ah isso foi!!! Ainda bem que sempre passa! :-)

Beijooo!

Vanessa Kfuri disse...

Não,
Meiguinha mas ordinária, heim?!!
Agora, imagina se vc consegue o lugarzinho perto da fofa ( depois de argumentar o bastante pra isso), e ela começasse a reclamar de td na sua cabeça ( do ar que não funcionava, do atraso...).
Olha, melhor coisa que vc fez foi voltar pro chão, pq lá pelo menos vc teve paz,não foi?!

Ps: E tds as pessoas sem noção deveriam ser banindas da face da terra... td seria bem melhor...

bj bj!!!

Tô e seguindo, viu?!!!!