quinta-feira, 30 de abril de 2009

Será que sou eu que tenho que aprender a dizer mais "nãos" ou, ao menos, a dizer "nãos" mais convictos, ou será que as pessoas estão particularmente de má vontade? O serão os dois?

Eu sempre procuro me prontificar para todas as tarefas que surgirem: faz o cartaz, faz o site, escreve as atas, revisa os textos, entra em contato com fulano, reserva o restaurante, escreve um artigo, dá teu parecer, vai comigo, vai no meu lugar, me empresta, me dá, me ajuda, faz pra mim...

E eu sempre dizendo sim, claro que sim, pode deixar que eu dou um jeito.

Aí, quando eu preciso de uma colaboraçãozinha, cadê todo mundo?

Tá todo mundo superocupado? Não sei!

Todo mundo sumiu e não deu as caras nem pra dizer que está superocupado...

E aí, que faço eu?

Escrevo em desabafo, no máximo.

4 comentários:

Teórico disse...

É... todo mundo gosta do 'venha a nós'... enquanto ao teu reino... nada!!!

beijo

Raq Paulino disse...

Cib, uma vez me disseram que se é para pedir um favor, que seja para alguém superocupado, porque essa pessoa certamente vai dar um jeito de encaixar seu pedido nas 839 coisas que faz ao mesmo tempo. O comentário, oravejasó, foi de um sujeito que estava pedindo um favor para mim - e que eu atendi, porque também sempre falo sim, sempre dou um jeito, sempre estou disposta.

Seu dasabafo e seus questionamentos desta postagem são meus também. E eu também fico sem entender nada quando me vejo só ao precisar de uma ajudinha mínima.

Só nos resta desabafar mesmo, infelizmente. E tocar as 839 coisas ao mesmo tempo... Nhé!

Beijooo, boa semana!

Pugdog disse...

Onde eu assino em baixo??
bjs

Quem é ela? disse...

Hehehe... pensei que era só comigo esse tipo de coisa!