segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Queimei a pipoca de microondas



Quem mandou não prestar atenção?

Ao invés de filme, pipoca e chocolate quente no sofá, fumaça por toda a casa, olhos ardendo e tosse.

Acho que vou voltar a fazer pipoca na panela, dando batidinhas na tampa pra incentivar os grãozinhos a estourarem e tudo o mais.

Lembrei da mãe dizendo: "tem que chamar o nome de uma fofoqueira, que daí não fica um grão inteiro".

É, naquela época eu via lado bom em tudo, que saudade!

Um comentário:

Raq Paulino disse...

Sei bem como é o drama, já fiz isso. Não confiei nas instruções da embalagem e larguei o pacote no microondas por uns cinco minutos. O resultado foi o mesmo que o seu. ARGH!!!

Pipoca de panela é mais legal, tem todo um romantismo no preparo que deixa até o sabor melhor.

Beijo beijo!