quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Certificado de quê?

Fui uma das coordenadoras do II Fórum de Gênero, Direitos Humanos e Cidadania da UFRGS, dos dias 22 a 24 deste mês. Dá um trabalhão danado: escrever ementa, receber e selecionar propostas de trabalhos, montar programação, convidar debatedoras e debatedores, organizar sessões temáticas, confeccionar cartas de aceite e certificados, providenciar sala e estrutura, revisar os trabalhos completos enviados e encaminhar pra publicação, entre outras cositas.

Vale a pena, claro, porque o contato com os pesquisadores da nossa área nos enrriquece muito - mas dá um trabalho do cão.

Aí, na manhã do dia 23, recebo telefonema de uma das apresentadoras da sessão prestes a começar. Conteúdo da conversa:

- Oi, Cibele, é a Fulana, que apresentaria agora, tudo bem? ["apresentaria", do verbo "não vou"...]
- Oi, Fulana, em que posso te ajudar?
- Eu não vou poder ir ao evento, infelizmente... Acontece que eu tenho um outro evento aqui na Universidade onde trabalho, e vou ficar aqui hoje e amanhã... Tem como me mandar meu certificado pelo Correio?
- Ah, Fulana, não vai dar... Os certificados são de apresentação, pra quem efetivamente apresentar, sabe?
- Ah, mas no ano passado teve gente que não foi e ganhou certificado!
- Mas, neste ano, as coisas são um pouco diferentes. Não vai dar... Abraço!

Oi? Eu entendi direito? Quer dizer que tu tens um evento já agendado pros mesmo dias na tua Universidade e só me avisas em cima da hora? Quando não tem a menor chance de eu chamar outra pessoa que tenha enviado proposta para apresentar seu trabalho e não me deixar com um buraco na programação, na publicação e no bom humor? E ainda queres que eu me dê ao trabalho de te enviar o certificado pelo Correio?

Desculpa, meu amor, mas não estamos emitindo certificados de desconsideração este ano.

Um comentário:

Raq Paulino disse...

CLAP!

Arrasou, Cib!