domingo, 23 de agosto de 2009


Coisa fantástica é ter um problema insolúvel nas mãos. Quando não há o que se possa fazer, você está autorizado a não fazer coisa alguma... Respire fundo, reconheça que é impotente frente à conjuntura que o abate, sente-se confortavelmente e espere as coisas mudarem por si.



Isso foi o que aprendi na quinta-feira, quando levei Mimami ao Hospital de Caridade de Erechongas, para fazer biópsia de um nódulo no fígado.

Chegamos ao hospital às sete da manhã (Mimami sempre marca esses horários para tudo: dentista, exames, advogado... E sempre tenta me convencer de que "era o único horário disponível". Eu, que saí de Porto Alegre na noite anterior, depois de um longo dia de trabalho, e viajei quase toda a noite, "zumbizeio" com ela por esses compromissos). Mimami estava em jejum desde as dez horas da noite anterior. O nódulo era de difícil acesso, o que fez o exame demorar pra caramba. Depois do exame, Mimami precisava ficar em observação por um bom tempo (na última biópsia do fígado, o médico teve um baita azar, errou a mão e Mimami acabou tendo uma complicação daquelas. Por isso, cautela redobrada).

Lá pelo meio dia, ela começou a ficar indócil. De meia em meia hora, pedia que eu fosse saber se faltava muito para liberarem-na. Às duas e meia da tarde, o enfermeiro encheu o saco, ligou para o médico e pediu uma previsão de horário. O médico sentenciou que "antes das seis, nem pensar".

Ao ser informada, ela fez bico, reclamou e... se conformou! Passamos o resto da tarde confessando pecados alheios uma para a outra. Foi delicioso, fora o frio.

Uma reclamação/denúncia: Poxa, Hospital de Caridade de Erechongas! Em pleno pandemônio de Gripe A (maiúsculas por respeito, tenho medo dela...), nenhuma máscara, nenhum alquinho gel pro pessoal na sala de espera da emergência, e em lugar nenhum lá por dentro do ambulatório? Todas as janelas fechadas, sem um arzinho correndo? Todo mundo fugindo do frio e da chuva, aglomerado em volta de estufas? ASSIM A GENTE SE CONTAMINA COM UMA PENCA DE VÍRUS, CARAMBA!

4 comentários:

Teórico disse...

É isso aí Cibele, os lugares fechados, com pessoas se aglomerando é um prato cheio pra vírus e não só para o da nova gripe. Mas parece que as pessoas acham que as coisas nunca acontecem com elas, sempre com os outros. É lamentável.


Beijos e espero que estava tudo bem com a sua mãe.

Cib disse...

Teórico, só fico sabendo sobre o que se passa com Mimami na quinta-feira desta semana. Em Erechongas não fazem a análise, então... Esperando pacientemente, dedinhos cruzados.
Beijo e boa semana por aí também.

Cintia disse...

Cib e como está a tua mamis???

Cib disse...

Cintia, mimami está bem, dentro do que dá pra ficar na condição dela. Já está resmunguenta e reclamona, o que, na minha família quer dizer: quase recuperada, hahaha.
Beijão!