quarta-feira, 25 de março de 2009

"O verdadeiro amor é o amor pela comida"


Comida tailandesa, ou "porque você poderia passar a vida toda comendo isso, Cib"...

A cor, a textura, o perfume, a mistura de doce com picante que fica namorando a minha boca enquanto o cheiro de capim-limão e especiarias faz meu nariz pensar que estou no paraíso...

Comida que excita, satisfaz e relaxa ao mesmo tempo. Pode? Pode! Pode!

Mil trezentas e setenta e quatro maneiras diferentes de me convencer a comer camarão.

A inquestionável razão da combinação camarão, abacaxi e pimenta.
Arroz de jasmim, feliz de mim!
Misture porco e frango, tempere, faça espetinho em cidró, frite e suborne-me com geléia de pimenta.

Colorido, cheiroso, surpreendente, inebriante, satisfatório e sem efeitos colaterais.
Diga-me, ó Poderoso Oráculo, onde acharei essa mescla de qualidades?

- Num amante intrépido? Não...
- Num companheiro dedicado? Não...

- Num prato de boa comida tailandesa!!!

(Com a vantagem de não ter que ficar inflando o ego do prato devorado...)

3 comentários:

Quem é ela? disse...

Civelita de Diós y de la Birr-rren María! Eu quase babei de vontade de comer TUDO isso!

Poucas vezes provei um texto com tanto requinte gastronômico (e de prosa)!

AMEI!

Pugdog disse...

Querida!! Obrigada pela visita ao meu blog. Me senti honrada. Certamente nos encontraremos entre um comentário e outro.
Que assim seja!!
bjs<
Marilisa

Pandora disse...

Brincar desse jeito com as palavrinhas me deu vontade de experimentar .... não vai demorar! bjooo e ótimo final de semana