quinta-feira, 17 de junho de 2010

Senhorita Otimismo


I'm coming out of my cage
And I've been doing just fine
Gotta gotta be down
Because I want it all



The Killers


Tomei um tombo dos feios. Prestei meu primeiro concurso para docente do magistério superior e não consegui aprovação por 0,3 pontos. Muita gente me disse muita coisa: que minha prova escrita foi subavaliada, que minha prova didática foi subavaliada por um dos membros da banca, que meu memorial foi o melhor que haviam visto em tempos, que o que me derrubou na classificação foi o fato de um dos concorrentes ter currículo muito extenso, ponderando a pontuação dos demais severamente para baixo.
Fato é que o tombo foi feio, e doeu.
Esse era o motivo de meu sumisso: estava focada, tentava agarrar a oportunidade com toda minha força. Tentei, de fato. Seguirei tentando, mais forte, claro.
Caso é que o primeiro tombo é o pior, é aquele que mais nos machuca, do qual ainda não sabemos levantar.
E, ao levantar de um tombo, precisamos nos colocar de joelhos, para depois conseguirmos ficar em pé... Acho que é essa a minha lição: humildade.


But it's just the price I pay
Destiny is calling me
Open up my eager eyes
'Cause I'm
Ms. Brightside

2 comentários:

Angelo Italo Mainine Neto disse...

Achei seu blog por acaso vagueando pela blogosfera. Gostei dos posts anteriores. Boa sorte nos próximos concursos, é sempre complicado saber quando uma seleção dessas é isenta ou não de politicagem acadêmica... Fiz USP, e tive cada professores (e uma ex orientadora) que não sei como passaram pelo processo seletivo que deveria ser super rigoroso, mas sempre aparece um esperto que dá jeitinho e coloca alguém da sua panela.

Cib disse...

Oi, Angelo!
Obrigada pelos comentários! Adorei saber que um homem incentiva @s alun@s a pensar nas questões de gênero.
Sobre o meu concurso, acho que a lição que deve ficar para mim é que se eu tivesse estudado mais, teria sido mais difícil não ser classificada. Não adianta eu pensar na conjuntura política da academia, eu tenho é que providenciar por onde não ser apanhada nela!

Estuuuda, Cib!

Beijos, venha sempre!